Noivas

Como casar respeitando os rituais da sua religião?

religião no casamento

O dia do casamento é um momento muito esperado para muitas pessoas. Entre os muitos detalhes, há um que precisa ser bem pensado, a cerimônia. Em um país como o Brasil, rico em crenças e tradições, existe várias formas de celebrar esse momento único na vida do casal. E com isso, muitas pessoas desejam saber como casar respeitando os rituais da sua religião.

A cerimônia de casamento é um ritual que existe em praticamente todas as religiões e crenças. Em geral, a intenção do casamento religioso é oficializar uma união perante a família, os amigos e a igreja de que se faz parte, pedindo a Deus ou entidade espiritual maior da religião em questão, que abençoe o casal com felicidade, saúde e prosperidade.

Dentro dessa perspectiva, cada religião possui ritos próprios, todos repletos de simbolismo, significados e intenções, que envolvem o celebrante, os noivos, a família e os convidados presentes.

Muitas vezes, esses cultos também dão abertura a personalizações que seguem a criatividade do casal até os limites dos dogmas, das condições financeiras ou do bom senso.

Saiba tudo sobre como casar respeitando os rituais da sua religião

religião no casamento

Atualmente, existem inúmeros rituais de casamento, onde a diversidade une pessoas, os sentimentos ultrapassam costumes e conquistam uma intensa e emocionante vida a dois. Por isso, muitos casais desejam sempre saber como casar respeitando os rituais da sua religião.

  • No catolicismo, o casamento pode ser realizado somente depois dos proclames, onde ocorre a comunicação obrigatória que o padre faz por três domingos consecutivos durante a missa na igreja que os noivos escolheram. Assim, a celebração pode acontecer dentro dos três meses seguintes, caso não apareça nenhuma objeção. Outra exigência é a apresentação da certidão de batismo de ambos. A cerimônia é celebrada pelo Padre e pode ser com missa ou não, sendo opcional aos noivos receber a comunhão. Durante a celebração, o casal permanece em pé, em frente ao sacerdote que conduz o sacramento, onde as citações bíblicas fazem menção à criação do homem e são lembradas passagens do Evangelho sobre a união entre homem e mulher instituída por Deus. A aliança é colocada na mão esquerda juntamente com a promessa de fidelidade, ajuda mútua, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença. Após a troca de alianças, há a bênção de todos sobre os noivos. Por fim, depois que o padre os declara marido e mulher perante as leis de Deus, os noivos beijam-se e cumprimentam os pais e padrinhos.
  • O casamento Anglicano por ser um segmento da religião católica, seguem rituais semelhantes. A Igreja Anglicana celebra casamentos, de preferência no templo, mas também fora, onde for mais adequado aos noivos. Além disso, celebram-se casamentos de pessoas solteiras e divorciadas, uma vez cumpridas às exigências legais e da Igreja. Para ambos os casos existe um acompanhamento pastoral com o Reverendo, combinado entre as partes para que possa ser cumprido com tranquilidade. Esse se faz necessário, inclusive, para se montar o processo matrimonial. Após esse acompanhamento, conforme agenda, marca-se a data.
  • A cerimônia evangélica é semelhante ao casamento católico, pode ser feito na igreja ou em espaço para festas, conforme a vontade dos noivos. A cerimônia é celebrada pelo pastor ou ministro, que recebe o casal, fala sobre o casamento que incentiva o casal a ter Deus no centro do relacionamento, buscando uma vida de virtude e união. Após o sermão, são feitas orações, a promessa dos noivos e a entrega das alianças. Depois os noivos se ajoelham e recebem a oração e a benção.
  • A cerimônia ortodoxa tem a maior parte cantada. A cerimônia é dividida em duas partes, a união do casal e a coroação. A disposição no altar é a mesma da igreja católica, porém, as diferenças de outras celebrações são as alianças, que já estão no altar quando a noiva entrar na igreja. Além disso, as alianças são colocadas nos dedos dos noivos pelo próprio sacerdote, após serem abençoadas.

Para muitas pessoas é sempre importante saber como casar respeitando os rituais da sua religião. Com isso, muitos noivos, além das opções acima, podem escolher cerimônias ecumênicas, no caso da união entre religiões cristãs e não cristãs, onde os padres ou responsáveis se unem para celebrá-las juntas, respeitando os preceitos e rituais de cada uma.